Música do dia – Stairway to Heaven

Este é um daqueles meus posts que são considerados pelos colegas de blog como “bobagens esquisitas” ou “explicações do além”.

É a explicação da letra de Stairway to Heaven, a melhor de todas as músicas da banda Led Zeppelin.

Assim como posts anteriores, sobre o filme Matrix, ofereço a pílula azul ou a pílula vermelha.

Se achar que vai me achar “mais doido que o normal” depois deste post, nem leia.

Então, vamos começar…

A música foi composta entre 1970 e 1971. Jimmy Page morava num lugar chamado Boleskine, onde era o dono de uma loja chamada “The Equinox Booksellers and Publishers”. Uma loja especializada em literatura ocultista. Portanto, ele teve acesso aos livros de várias Ordens e Escolas de Pensamento. Então, sob a perspectiva do que significam os graus destas Ordens, temos a alegoria do crescimento pessoal. Subir um degrau de cada vez para melhorar e evoluir como pessoa.

There’s a Lady who’s sure,
All that glitters is gold,
And she’s buying a Stairway to Heaven.

Não é de uma mulher que a música fala, mas sim do Espírito. Ao estudar a Árvore da Vida, pode-se compreender que é portanto Yesod. Forma exibida em muitos contos de fada, em alegorias de princesas presas em torres de castelo, onde existe tempo para a meditação e encontrar o início de um Caminho, uma escadaria que eleve o espírito.

Também há a conotação de que esta senhora da música, é a mãe da criação. Aspecto feminino do Cosmos e que está presente em todos.

Tudo que brilha É ouro, quando se trata daquela que é a mãe da criação, que depositou em cada um de nós uma centelha divina, que nos deu consciência e possibilidades de evoluir.

Então a escada simbólica, simbolizada até na Bíblia com a passagem de Jacó, é um mapa para cada um chegar sozinho ao divino sem necessidade de igrejas e pastores mais preocupados com o dízimo do que o próximo.

When she gets there she knows,
If the stores are all closed,
With a word she can get what she came for.

Ao se chegar lá, onde não se pode comprar, se deve conquistar, existe a palavra. O verbo. Existe a vontade absoluta. A vontade é tudo. A palavra é o pensamento moldado em forma definida. Cada palavra tem a carga e a expressão da vontade de quem a proclama. Então a conclusão é de que a Senhora faz a trilha deste caminho onde se encontra a força da Vontade.

There’s a sign on the wall,
But she wants to be sure,
’cause you know sometimes words have two meanings.

Ao estudar o caminho, ao trilhar o caminho, se deve ter cuidado. Em tudo existe luz e sombra. Existe sempre a tentação do significado duplo de todo o ensinamento. Muito bem traduzido nas falas criadas para o mestre Yoda, ao ensinar o Caminho para o discípulo Luke Skywalker. Sim, George Lucas já foi bem mais inteligente. Bebeu na mesma fonte. Luz e sombra. Bem e mal.

In a tree by the brook
There’s a song bird who sings,
Sometimes all of our thoughts are misgiven.

Se antes era para pensar, aqui é claro que ele está falando da Árvore da Vida. Da Kaballah.
A Árvore da Vida dá significado a muitas coisas, incluindo ao Tarot, onde estão representados significantes da vida. Este pássaro nos aconselha como agir durante a caminhada.

There’s a feeling I get when I look to the west,
And my spirit is crying for leaving.

O oeste. Este tem muito siginificado em muitas Ordens iniciáticas. Aliás, o Leste e o Oeste tem grande significado. O oeste escuro e o Leste do sol nascente, a origem da luz, o caminho da luz. Qual mãe criadora não chora ao ver um filho sair do caminho da luz e se dirigir para a escuridão.

In my thoughts I have seen rings of smoke through the trees
And the voices of those who stand looking.

Os sinais de fumaça são representações xamânicas. Mostra-se que o caminho é trilhado por todos que entendem o caminho, não há um único meio para ouvir as vozes e olhar para o lugar certo.

And it’s whispered that soon if we all call the tune
Then the piper will lead us to reason.
And a new day will dawn for those who stand long,
And the forests will echo with laughter.

Pã aparece como o flautista. Não tem como disfarçar Pã. O Deus da floresta, também pode ser o Pai. Se há uma mãe deve haver um Pai. O coitado sofre até hoje nas mãos de católicos e evangélicos, por sua aparência animalesca ter sido usada para dar forma ao mal. A sua música, representa o Caminho por dentro da árvore, que leva à Iluminação. Essa é a razão dele usar a flauta, para guiar vários aprendizes ao mesmo tempo. Desta forma, através da música, é mais fácil guia-los para junto do Pai e da Mãe.
Neste sentido, o flautista é a própria banda, que usa a música para trazer conhecimento, ao invés do Créu.

If there’s a bustle in your hedgerow,
Don’t be alarmed now,
It’s just a spring clean for the May Queen.

Aqui também é fácil de entender. É a passagem da estação, primordial signo religioso. A Rainha de Maio é a própria vitória do obscuro, do inverno pessoal e a a chegada da primavera, das boas novas, da luz.

Yes there are two paths you can go by,
But in the long run
There’s still time to change the road you’re on.

Em cada momento da sua vida, você pode mudar o caminho. Claro que a esperança da Mãe é que seja sempre para o mais elevado. O próximo degrau. A caminhada é longa, os tropeços serão muitos, mas sempre se pode criar um novo início de uma trilha melhor.

And it makes me wonder.

Repetir as coisas é uma forma mágica de tornar algo que se quer, realidade. Não é dizer apenas três vezes que você vai ficar rico. Mas se você realmente visualizar, criar em sua mente, potencializar a melhora, criar o caminho, abrir o caminho, com Verdadeira Vontade, é possível. Pensamento firme, ação verdadeira.

Your head is humming and it won’t go,
In case you don’t know,
The Piper’s calling you to join him.

Espera-se que quando ouvir a sensação, sentir a palavra, o guiado avance em direção de sua evolução. É o momento anterior ao ínicio da jornada. Antes daquele momento solene do primeiro passo, ao ouvir a música que mostra o caminho.

Dear Lady can you hear the wind blow, and did you know,
Your stairway lies on the whispering wind.

Para interpretar esta parte, é necessário compreender o Tarot, onde os simbolos do elemento ar, no caso O Louco e O Mago, são os condutores pelo caminho de Kether – Deus. É uma nova referência de que os símbolos do Tarot são ‘placas indicadoras’ do Caminho.

And as we wind on down the road,
Our shadows taller than our soul,

E através destes símbolos, podemos identificar o lado sombrio de nossa própria alma.

There walks a lady we all know,
Who shines white light and wants to show
How everything still turns to gold,

A Mãe sabe tudo. É o caminho iniciado em Yesod, cheio de luz que deseja mostrar ao seu filho, e então transformar tudo que é sombrio em luz, tudo que é pesado em leveza, tudo que é feito de chumbo em ouro. O ouro, significando o sol. O brilho da Centelha Divina que então toma conta de toda a alma humana. Os alquimistas buscavam isto na verdade. Não era riqueza, mas sim evolução.

When all are one and one is all,
Unity.
To be a rock and not to roll.

Quando o caminhante chega lá, encontra-se a unidade. Que um é o todo um. O universo é imutável. Como o que conhecemos é pouco, o imutável pode receber a analogia de uma pedra. Não se move uma pedra. A lei do Universo é única e imutável. Querendo ou não, rápido ou devagar, todos trilham um caminho, espera-se que evolutivo. Se a vontade for firme como uma rocha, em direção da iluminação, ótimo.

And she’s buying a Stairway to Heaven.

E a Mãe permanece em sua esperança de que o caminho da Luz será trilhado por todos os seus filhos.

2 Respostas

  1. “Arnold não tinha ouvido falar de Led Zeppelin até o Padre Don explicar tudo na tevê.
    O padre disse que o grupo escondeu uma prece ao demônio em sua música Stairway to Heaven.

    Eles esconderam gravando as palavras ao contrário.

    Arnold Crimp retirou o disco da loja onde trabalhava, até ser despedido esta tarde, e passou Stairway to Heaven para uma fita.

    Então ele tocou ao contrário.

    Arnold repetiu a operação quarenta vezes e constatou que o padre Don tinha razão.”

    Tchê, já te falei para não tomar a pílula vermelha JUNTO com a azul…
    Ou tá muito quente mesmo aí em Porto Alegre?

    Bem legal essa viagem toda aí… Eu curti.

  2. Ok, ok, Xamã do Oiapoque… Mas a Mãe da Criação que há em mim é lésbica.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: