Eu realmente queria

Sabe, eu realmente queria saber escrever. Pelo menos ter o que escrever. Em algumas horas o expediente termina e começa o carnaval e eu queria deixar uma mensagem interessante.

O problema é que não há nada de interessante para falar sobre o carnaval. É sempre aquele momento em que milhares de pessoas dão dinheiro suficiente para Chiclete com Banana, Daniela Mercury, Ivete Sangalo, Claudia Leite(é assim?) e Carlinhos Brown passarem bem durante todo o resto do ano. Eles só precisam fazer show para ter uma grana extra se quiserem. Nada além de um caixa extra para dias de vacas magras. Coisa que no caso deles, duvido que aconteça, poia a capacidade de ouvir música para ritual de acasalamento que as pessoas tem é infindável.

Essas músicas que grudam no povo só servem para isso mesmo. Não é para ouvir, pensar ou passar o tempo. Não passam de barulhos que tem por finalidade excitar o povo. Por isso é que tem tanta gente dos signos Libra e Escorpião no Brasil.

Ao menos tenho a certeza de que após o carnaval, Michel Teló some das rádios. Pelo menos com essa música “Ai se eu te pego”. Bah, se eu pego o Michel Teló é para cagar a pau o sujeito, assim ele não apronta outra com quem gostaria de não ouvir uma coisa dessas vindo do vizinho.

O que resta… é o feriado. Mas é preciso ter ar condicionado e vidros funcionando no carro. Para não correr o risco de ouvir a ‘música de acasalamento’ vinda do carro vizinho.

Isto daria um bom programa para o History Channel ou Discovery. Um estudo antropológico das músicas de carnaval.

3 Respostas

  1. Pois eu acho que tu escreve muito bem (pelo menos, quando quer) e não precisava ficar se apoiando em postagens ctrl+c/ctrl+v.
    Já discutimos isso, ehehehe…

    Mas quando o próprio WordPress apela e diz que “o blog não serve só para longos textos e quem sabe você não quer postar apenas uma foto ou um vídeo?”, quem sou eu para discutir?

    E, ah, eu sou libriano também…
    Já tinha chegado a essa conclusão, de que sou filho do carnaval…

    Nós dois, aliás, não? Ehehehehe…
    🙂

  2. Eu gostaria de escrever tão bem quanto o Tcheloko.

  3. Também aprecio a obra do autor, embora no momento esteja mais voltado para sua produção no campo da Ergonomia Cognitiva. As indicações de leitura também ajudam, principalmente no que se refere à Heurística de Usabilidade. hehe…
    Por estar envolvido com esses trecos, mais o trabalho, sobra pouco tempo pra ler os posts. Vi que tem um quilométrico sobre a Stairway to Heaven… O Tcheloco virou de vez o Mago Mérrrlin, o burrrgomestre, baluarte do béck soçaite.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: