Hans Zimmer, o sucessor.

Já faz tempo que o maior compositor para o cinema já não é mais aquele. John Wiliams, compositor de trilhas memoráveis como Superman, Indiana Jones, Star Wars, Tubarão e outros tantos já não se esforça tanto para que lembremos de suas trilhas novas. Creio que a última trilha que gostei mesmo foi a de Jurassic Park, 1992.

Creio que foi com Rain Man que vi o nome dele pela primeira vez. Antes de 1988 ele já estava na labuta, mas foi sem dúvida com Rain Man que prestei atenção. Em 1989, com Twister, ele veio com uma trilha bacana, que funcionava bem no filme, mas tão esquecível quanto o mesmo. Twister é aquele filme que você gosta, mas nunca lembra.

Conduzindo Miss Daisy, Chuva Negra e outros filmes depois, a primeira trilha que gostei de ouvir sem precisar do filme. Thelma e Louise. Achava o cara bom, mas em 1991 John Williams ainda merecia extremo respeito. Abaixo dele, Jerry Goldsmith apenas. Só que em 1991 este alemão fez música para 5 filmes.

Em 1992 ele trabalhou em mais 5 filmes, e usando a receita de vencer pela insistência, seu nome estava garantido em Hollywood. Em filmes não muito importantes, é verdade, mas estava lá. Em 1993, foram 7 filmes e em 1994, O Rei Leão. A trilha é um espetáculo, misturando sons e estilos. Com O Rei Leão seu talento foi reconhecido, emplacando a seguir uma das minhas trilhas favoritas: A Última Ameaça. Sim, eu gosto muito do filme de John Woo. Acho este um dos melhores filmes “BomXMau” de todos os tempos. A trilha encomendada para lembrar um velho western é perfeita.

Com certeza gostaram dele para trilhas de desenhos animados. Tentando fazer o mesmo caminho de O Rei Leão, os produtores da Dreamworks o chamaram para musicar O Príncipe do Egito. Ainda no mesmo ano fez a música de Gladiador e Missão Impossível 2. As duas trilhas estão no meu MP4. As guitarras pesadas junto com a orquestra na trilha de Missão Impossível 2 são matadoras. Mais que o Tom Cruisis.

Isso tudo sem falar em Batman Begins, O Código DaVinci, a repaginada na trilha original de Klaus Badelt nas sequencias de Piratas do Caribe, Batman Cavaleiro das Trevas, Sherlock Holmes (trilha divertida, preciso baixar, adquirir) e claro A Origem.

Não sei vocês, mas é uma das melhores trilhas que já ouvi. Densa, pesada, complexa.

Catando o que ouvir no Youtube, enquanto trabalho, resolvi postar  Inception Concert. Está dividido em duas partes. É tudo muito bom. Prestem muita atenção naquele barbudo na bateria. O sujeito tem cara de hindu, mas na verdade deve ser ninja.

A propósito, o cara meio calvo no piano, é o Hans Zimmer.

2 Respostas

  1. Óptimos videos, Tchê!

    Não gostei da TSO de Piratas do Caribe do Klaus Badelt, a obra prima dele é essa aqui, pelo jeito…

    ..

  2. John Williams e Hans Zimmer ambos mestres. Zimmer fez um ótimo trabalho com o Man Of Steel… Aliás professor, tens que ver o novo filme do Superman! Eu achei espetacular! Abraço

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: