Alan Moore em Springfield

Husband and Knives, sétimo episódio da 19ª temporada dos Simpsons (2007), é um prato cheio de referências para os fãs de quadrinhos. A história começa no The Android’s Dungeon, a única loja de gibis em Springfield. Vasculhando as prateleiras, Bart encontra o “infame gibi do Wolverine com as garras de fora”. Millhouse pergunta o porquê da revista ser tão polêmica: três garras saem das páginas, rasgando o rosto do menino, que começa a chorar. Uma lágrima cai sobre a capa da revista, borrando a “icônica costeleta de Wolverine”, de acordo com o Cara das Histórias em Quadrinho (mesmo no original este é seu nome: the Comic Book Guy). O dono da loja, após consultar o Astonishing Prices – Comic Book Prices Guide, cobra U$ 25 do amigo loser de Bart. O gibi em questão é uma referência à capa do número um da mini-série do Wolverine escrita e desenhada por Frank Miller nos anos 80.

Após uma discussão com Bart, o temperamental dono da loja resolve expulsar todas as crianças, certo de que possui o único estabelecimento do gênero em toda a cidade. Mas nesse exato momento, para sua surpresa, percebe que do outro lado da rua há uma nova loja, a Coolsville Comics & Toys. O dono da banca, um hipster chamado Milo (dublado por Jack Black), revela-se uma pessoa muito mais afável que seu concorrente, cativando de cara todas as crianças. Lisa rasga sem querer uma página de um álbum do Tintim: em vez de advdertí-la, Milo diz que gibis foram feitos para serem lidos e apreciados, e não mofarem nas prateleiras dos colecionadores.

O ponto alto do episódio é quando a loja recebe Art Spiegelman, Dan Clowes e Alan Moore para uma sessão de autógrafos. Bart entra na fila do Velho Hippie:

Bart – Alan Moore, você escreveu minhas histórias favoritas do Homem Radioativo!

Moore – É mesmo? Você gostou que eu transformei seu herói favorito em um viciado em heroína, crítico de jazz e que não é radioativo?

Bart – Eu não leio os balões. Eu só gosto quando ele soca os outros.

Millhouse pede ao Bruxo de Northampton que autografe sua cópia do DVD de Watchmen Babies. Moore inicia um inflamado discurso contra as grandes corporações, até que Spiegelman manda ele baixar a bola: “Hey, Teacup, why don’t you chill out?” Para se acalmar, o inglês lê uma edição da Luluzinha.

Mau perdedor, o Cara das Histórias em Quadrinho começa a destruir a loja do rival, utilizando armas ninja. Nesse momento entra em ação a Liga Extraordinária de Freelancers: arrancando suas camisas, os três autores independentes revelam seus corpos sarados de super heróis. Spiegelman coloca uma máscara de rato, o que nos remete a sua mais célebre HQ. Seu grito de guerra: Maus is in the House!

Derrotado, o Cara das Histórias em Quadrinhos se vê obrigado a  fechar o negócio. Seu poster de “aluga-se” é uma citação do Amazing Spider Man 50, o antológico “Spider Man no more”.

É por essas e outras que eu desejo mais duas décadas de vida aos Simpsons.

Anúncios

5 Respostas

  1. Simpsons é tudo de bom e tem váárias referências a váárias coisas dos E.U.A. e do Mundo, Hehehe, leegal!
    Parabéns, grande post!

  2. Desde que não saia outro longa para o cinema, claro.

  3. Não curtiste?

  4. Mas pra que pagar por uma coisa que se pode ver de graça na tv?

  5. Lamentável a película.
    Que, aliás, não suportei ver inteira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: