As palavras e os filmes…

Há um tempo, coloquei aqui no blog um post sobre um sujeito que, em um artigo ou algo assim, havia escolhido as 10 melhores frases do cinema, mas com exceção de uma delas, as outras selecionadas pelo sujeito não preencheram os requisitos de nenhum dos integrantes do Alerta como uma “grande frase”. O Espantalho em particular fez questão de lembrar de uma frase que ele – e o Tom Stoppard, conforme pode ser visto no Youtube se você procurar pela palestra do Stoppard na Flip deste ano – considera um grande exemplo de frase no cinema. E então me veio a idéia de elaborar eu próprio aqui no site uma lista, pessoal, claro, do que considero as 10 frases mais bacanas já vistas em filmes por este que vos escreve.

Claro, eu não vi tanto filme quanto o Espantalho, por exemplo, mas andamos pensando justamente em fazer os autores do blog se aventurarem naquilo que não são grandes especialistas, então estou fazendo isso meio a meio. Por que meio a meio? Porque obviamente vão faltar frases muito melhores de filmes que eu nunca vi, por exemplo, mas também estou escolhendo a frase pelo seu valor poético/literário, digamos assim (o que exclui automaticamente “I’m tired of this motherfucking snakes in this motherfucking planes” ou “This is Spaaaarta!!!”), e aí estamos de volta ao terreno em que me garanto.  Não tem a ver com o momento em que a frase é dita ou por quem, embora, é claro, as interpretações dos atores nesses momentos específicos provavelmente sejam responsáveis pela elegância e/ou impacto da frase em questão, com a sua qualidade e ao mesmo tempo sua… esperteza, na falta de uma palavra melhor.. Tem a ver com uma certa condensação e equilíbrio entre a forma e o conteúdo, entre o que é dito e o como – e o que não tem, quando o assunto é a palavra?

Vão abaixo, senhores, SEM ORDEM de hierarquia, minhas 10 frases preferidas do cinema, ou melhor, minhas 10 FALAS, porque algumas têm mais de uma frase, semanticamente falando. E insto, exorto, encorajo, convoco, incito, boto pilha, em fim, para que os colegas de site façam o mesmo nos comentários: escolham suas melhores falas de filme.

Ah, sim. Como algumas não são em inglês no original, preferi traduzir todas:

* Esta é a vida que escolhemos. A vida que levamos. E há somente uma coisa garantida. Nenhum de nós verá o Paraíso.
Paul Newman como John Rooney em Estrada para Perdição.

* Eu tentei tirar fotos, mas elas eram tão medíocres… Acho que toda garota passa por uma fase de fotografia. Você sabe: cavalos… tirar fotos de seus próprios pés… 
Scarlett Johansson como Charlotte em Encontros e Desencontros.

* Este relógio custa mais do que seu carro. Eu ganhei 970 mil dólares no ano passado. Quanto você ganhou?  Vê, camarada? Este sou eu, e você não é nada. É um cara bacana? Não dou a mínima. Um bom pai? Te fode! Vai pra casa brincar com os filhos. Se quer trabalhar aqui, feche a venda! Acha que isto é abuso? Acha que isto é abuso, seu chupa-rola? Se não pode aguentar isso, como você vai transformar o abuso em vantagem? Se não gosta, vai embora.
Alec Baldwin como Blake em O Sucesso a Qualquer Preço.

* É verdade. Sim, eu matei mulheres e crianças. Em algum momento ou outro eu matei tudo o que anda ou rasteja sobre a terra. E eu vim aqui pra te matar, Little Bill, pelo que você fez com Ned.
“Mestre” Clint Eastwood, como Bill Munny em Os Imperdoáveis.

* Você fala de vingança. A vingança vai trazer seu filho de volta para você ou o meu filho de volta para mim? Eu esqueço a vingança por meu filho. Mas meu filho mais novo teve de deixar este país por causa deste assunto do Sollozzo. Agora eu tenho de fazer meus arranjos para trazê-lo de volta a salvo e livre de todas essas falsas acusações. Mas eu sou um homem supersticioso.  Se algum infeliz acidente acontecer com ele, se ele for baleado na cabeça por um policial, ou se ele se enforcar em uma cela de cadeira, ou mesmo se ele for atingido por um raio, então eu vou culpar alguém nesta sala, e isto eu não vou esquecer.
Marlon Brando como Don Vito Corleone em O Poderoso Chefão.

* Primeiro, eu vou tomar um banho. Depois, serei barbeado por um barbeiro turco que me massageará o rosto com as pontas de seus dedos. Então eu comprarei um jornal e o lerei das manchetes ao horóscopo. No primeiro dia, serei servido. Se precisar de alguma coisa, pedirei aos vizinhos. Se alguém tropeçar em minhas pernas, ele terá que se desculpar. Serei empurrado e empurrareid e volta. No bar lotado, o garçom me encontrará uma mesa. Um carro oficial vai parar, e o prefeito me receberá à bordo. Serei conhecido por todos, mas suspeito para ninguém. Não direi uma palavra, e entenderei todas as línguas. E este será o meu primeiro dia.
Bruno Ganz, como Damiel, em Asas do Desejo.

* Sabe, Jill, você me lembra da minha mãe. Ela era a maior puta de Alameda e a melhor mulher que já viveu. Quem quer fosse o meu pai, por uma hora ou por um mês, ele foi um homem feliz.
Jason Robards
como Cheyenne em Era uma vez no Oeste.

* Como você pode confiar em um homem que usa cinto e suspensórios ao mesmo tempo? O homem não confia nem em suas próprias calças.
Henry Fonda, como Frank, em Era uma Vez no Oeste (Sim, de novo. Eu poderia encontrar 10 frases só NESSE filme) 

* É uma experiência e tanto viver com medo, não? Isto é que é ser um escravo. Eu vi coisas que vocês, humanos, não acreditariam. Naves de guerra em chamas fora da órbita de Orion. vi Raios-C resplandescerem no escuro próximo ao portão Tannhauser. Todos estes momentos se perderão no tempo… como lágrimas na chuva. 
Rutger Hauer, como o andróide Batty, em Blade Runner.

* Alguém que dá a vida ainda não é uma mãe até que tome esta vida de volta.
Jean-Hughes Anglade, como o Rei Carlos IX, em A Rainha Margot.

Anúncios

6 Respostas

  1. Top cinco, sem ordem de importância:

    “Ei, quer ouvir minha filosofia de vida? Faça o outro antes que ele te faça.” Marlon Brando, Terry Malloy, Sindicato de Ladrões.

    “O problema do mundo é que uns têm mais do que precisam e outros precisam mais do que têm.” Linda Manz, Linda, Cinzas no Paraíso, Terrence Mallick.

    “Na Itália dos Bórgia, por 30 anos houve guerras, terror, assassinatos e derramamento de sangue, mas eles produziram Michelangelo, Leonardo da Vinci, e a Renascença. Na Suiça eles tiveram amor fraternal, 500 anos de democracia e paz, e o que eles produziram? O relógio cuco!” Orson Welles, Harry Lime, O Terceiro Homem.

    “Bem, ninguém é perfeito.” Joe Brown, Osgood Fielding III, Quanto Mais Quente, Melhor.

    “Esperem um minuto, esperem um minuto. Vocês ainda não ouviram nada!” Jakie Rabinowitz/Jack Robin, Al Jonson, O Cantor de Jazz.

  2. “O dia está bonito demais para se ir a escola.” Matthew Broderick em Ferris Bueller´s Day Off.

    “Eu não sei quanto tempo vamos viver juntos. Mas afinal, quem sabe?” Harrison Ford/Rick Deckard – Blade Runner.

    “Eu estou aqui Ranken. Atire em mim. Atire em mim. Eu estou aqui. Exatamente aqui. Faça o seu serviço você mesmo.” – Jon Voight – Manny Manheim – Runaway Train

    “Não garoto. Você não vai fazer nada disso! Você vai arranjar um empreguinho barato. Como qualquer ex-presidiário consegue depois de sair da cadeia. Você vai limpar latrinas. E vai gostar disso. E quando o seu chefe vier ver o que você fez, vai dizer… olha aqui… tem uma sujeirinha aqui… E você vai engolir a raiva e olhar para baixo. Vai olhar para baixo para que ele não veja a sua raiva quando você sentir que vai pular no pescoço dele e esmagar o seu pescoço. Você vai olhar para baixo e vai limpar a sujeirinha. Vai limpar e limpar… até deixar tudo brilhando. Na sexta-feira quando você for pegar o seu cheque, vai sorrir e agradecer. É isso que você vai fazer. E se você conseguir fazer isso, você pode ser até o presidente do Chase Manhattan Corporation” – Jon Voight – Manny Manheim – Runaway Train

    “Não! Tentar não existe. Faça… ou não faça.” – Frank Oz/Yoda – O império Contra-Ataca

    “Você não é uma arma. Você é o que decide ser.” – Eli Marienthal/Hogarth Hughes – The Iron Giant

    “Infelizmente, devo informar que o último paciente que tratei, o grande amante Don Juan DeMarco, sofre de um profundo romantismo que é completamente incurável, e pior, altamente contagioso” – Dr. Jack Michler/Marlon Brando – Don Juan DeMarco.

    “Por que o rum sempre acaba?” – Capitão Jack Sparrow

  3. Não era legal cada um fazer o seu post?

  4. Bueno, como cada um achar melhor. Sugeri os comentários para dar a impressãod e um diálogo, mas pode-se transformar tudo em posts separados.

  5. ” – Ei chefe, como descobriu que ele estava com drogas?!
    – Oora… Porque ele anda como um pato e… cheira como um porco!”
    Clint Eastwood, no papel de Dirty Harry em um dos filmes da franquia.

  6. Exoman, essa me fez lembrar o Reagan: “Hippie é alguém que se parece com Tarzan, anda como a Jane e cheira como a Cheetah”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: