Tem coisas que só a anorexia faz por você


Em 1998, quando a jovem atriz Christina Ricci recém completava 18 anos, chegou aos cinemas o filme O Oposto do Sexo, no qual a garota, que até pouco tempo antes era conhecida como “a menina da Família Adams”, fazia o papel de uma adolescente sedutora e picareta que, mesmo com formas generosas para o padrão Roliúdi, seduzia o namorado bicha de seu irmão idem, provocando uma série de pequenas tragédias familiares. O que chamava a atenção era que Christina se firmava mais como atriz do que como símbolo sexual, já que seu rosto estranho não a qualificava tanto para a tarefa – e ela se revelava uma atriz carismática sem precisar ter medidas de modelo.
Nove anos e contínuas crises de anorexia depois, está para estrear nos Estados Unidos Black Snake Moan, filme no qual Christina Ricci contracena com Samuel L. Jackson – ele é um fazendeiro fanático religioso que a encontra espancada e seminua na estrada e resolve acorrentar a garota para “curá-la de sua fraqueza e devassidão”.
Pelo que se vê das fotos de divulgação do filme, percebe-se que Christina não tinha sobre si própria o mesmo entendimento que os críticos tiveram em 1998.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: